O nosso Planeta é um lugar fascinante e belo, que nunca para de nos surpreender com sua vasta diversidade. Ainda assim, apesar de toda a beleza exibida pelo nosso mundo, deve-se lembrar que a natureza pode ser extremamente perigosa. É por isso que veremos os lugares mais perigosos do mundo.

Deserto de Danakil, Eritreia

Ácido sulfúrico fervendo, gases, calor infernal e lava em ação, essa é a descrição do Deserto de Danakil, que fica na Eritreia. Vulcões ativos estão espalhados por toda a região. A temperatura ambiente deste deserto chega aos 50° C e uma imensa variedade de gases tóxicos vaza por rachaduras no solo. Embora seja um local extremamente perigoso, vários turistas se aventuram e o exploram.

Lago Natron, Tanzânia 

Embora a paisagem possa parecer extremamente atrativa o Lago Natron é um dos lugares mais perigosos do mundo. Devido aos níveis elevados de álcali a água deste lago se torna nociva à saúde de qualquer criatura que entre em contato com ela, podendo leva-las a morte. Estas águas só podem ser visitadas a uma determinada distância devido ao forte cheiro de hidrogênio.

O jardim venenoso

O jardim venenoso faz parte do complexo do The Alnwick Garden, um projeto que custou mais U$ 60 milhões. Este jardim acolhe centenas de plantas venenosas ou narcótica, e algumas delas podem matar com apenas um toque. Entre elas estão as famosas cicuta, beladona e alguns cogumelos que liberam toxinas mortais em sua superfície.

Tsingy de Bemaraha 

O parque Tsingy de Bemaraha localiza-se na ilha de Madagascar e é composto por formações rochosas com 100 metros de altura e extremamente cortantes, que estas formas por conta das chuvas tropicais. Apesar de sua aparência inóspita, o lugar serve de abrigo para flora e fauna, representado principalmente por répteis, pássaros e alguns mamíferos.

Ilhas de Izu, Japão 

As ilhas Izu formam um grupo de mais de 12 ilhas vulcânicas que dão origem a duas cidades e 6 vilarejos ao sul de Tóquio. Devido à ocorrência de algumas erupções nos últimos 50 anos, a população local passou a fazer o uso de máscaras para se proteger da alta emissão de gases tóxicos que tende a aumentar com a ocorrência de novas erupções.

Cratera de Darvaz 

Esta estrutura geológica de 70 metros de diâmetro chegou a ser chamada de porta do inferno e fica localizada no Turcomenistão. Em 1971 alguns cientistas da então União Soviética exploraram o local pensando que iriam encontrar uma fonte de petróleo. Mas durante a perfuração o solo cedeu revelando uma grande cratera que exalava gases tóxicos. Os pesquisadores decidiram então, por fim aos gases queimando-os, mas as chamas não cederam e ardem até hoje.

E VOCÊ TERIA CORAGEM DE VISITAR UM DESTES LUGARES ? CONTE PRA GENTE AQUI NOS COMENTÁRIOS!